Sistemas de secagem ‘made in Portugal’

05/02/2020

A Palbase, empresa especializada no fabrico de equipamentos periféricos para a indústria de plásticos, desenvolveu recentemente dois sistemas para secagem de materiais plásticos flexíveis, para integração em linhas de reciclagem.

Fundada em 1988, na Marinha Grande, a Palbase tem vindo expandir a sua atividade para o mercado internacional e a especializar-se no fabrico de soluções ‘chave-na-mão' para a reciclagem de matérias-primas plásticas.

A crescente procura de soluções de reciclagem, a nível mundial, levou a empresa a lançar dois novos equipamentos de secagem, projetados para facilitar o processo de reciclagem de plástico flexível.

Sem-fim espremedor

O sem-fim espremedor retira parte da água do material após a lavagem, permitindo uma secagem muito eficiente, sem perda de matéria-prima.

O sem-fim transporta e compacta o material removendo a água através de grelhas perfuradas. Na extremidade é montado um descompactador para entrega do material solto ao processo seguinte. O equipamento destaca-se pela sua eficiência e baixo ruido.

foto

Secador por ar quente

Este equipamento permite a secagem a quente de filmes e integra um aquecedor de ar com resistências elétricas de elevada potência, um ventilador e tubagem de transporte. O labirinto de secagem e o ciclone de descarga completam o secador e garantem o melhor resultado final. A potência é ajustada de acordo com as necessidades específicas de cada projeto.

foto
20 Years Jaba traduçao técnica especializada 4.03D Additive Expo / i4.0expo / Subccontrataçao 19 - 21 de março 2020 Exposalão BatalhaGlobal Industrie 2019InterPlast

interplast.pt

InterPLAST - informação para a indústria de plásticos portuguesa

Estatuto Editorial