Pavilhão 15, stand C24

KraussMaffei funde áreas de negócio e exemplifica economia circular na K 2019

Redação05/09/2019

A KraussMaffei, fornecedora de sistemas de injeção, extrusão e tecnologia de processos de reação (IMM, EXT, RPM), fundiu todas as suas divisões de negócios e marcas anteriores KraussMaffei, KraussMaffei Berstorff e Netstal numa única marca: KraussMaffei. Durante a K 2019, a empresa vai apresentar a sua nova imagem corporativa e, sob o lema ‘Pioneering Plastics’, terá em demonstração um exemplo da circularidade do plástico.

foto
Imagem de uma mudança de rumo: uma figura geométrica que simboliza as várias áreas de negócio e as empresas que dão corpo à nova marca. A cor azul reflete as cores anteriormente utilizadas pela KraussMaffei e pela Netstal.

Como parte do reposicionamento da marca, todas as subsidiárias e divisões irão agora operar sob o nome KraussMaffei. A ‘Netstal-Maschinen AG’ (Suíça) será denominada ‘KraussMaffei High Performance AG’, no entanto, as máquinas de injeção desta marca manterão o nome Netstal. A ‘KraussMaffei Berstorff’, dedicada à tecnologia de extrusão, será integrada na KraussMaffei. A denominação ‘KraussMaffei Berstorff GmbH’ (Alemanha) será alterada para ‘KraussMaffei Extrusion GmbH’. Esta reestruturação concentra-se num novo design corporativo da empresa, que será apresentado durante a K 2019.

Este reposicionamento faz parte da estratégia corporativa 'Compass' e inclui o lançamento da unidade de negócio Digital & Service Solutions (DSS). Para Frank Stieler, diretor geral da KraussMaffei, a fusão de marcas é um reflexo da identidade da empresa: "A KraussMaffei é uma pioneira tecnológica na indústria de plásticos, oferecendo aos seus clientes em todos os setores soluções inovadoras e personalizadas de acordo com o nosso novo lema: Pioneering Plastics”.

foto
Frank Stieler (CEO da KraussMaffei) utiliza o novo reposicionamento para definir o curso da integração de tecnologias de injeção, extrusão, processos de reação e serviços digitais. Imagem: Messe Düsseldorf, Constanze Tillmann.

A nova imagem da marca espelha a integração das divisões de máquinas de injeção, extrusão e reação, que já trabalham em conjunto para diversas aplicações (por exemplo, na área da fabricação leve). O mesmo acontece nas áreas da automação e digitalização, esta última agora representada pela divisão DSS, com o trabalho conjunto a resultar no desenvolvimento de soluções inovadoras para a indústria de plásticos.

O novo lema 'Pioneering Plastics' representa o espírito que moldou a empresa desde a sua fundação em 1838. Numa altura em que o público fala negativamente dos plásticos, a KraussMaffei formulou deliberadamente esta declaração como uma promessa de desempenho, mostrando assim que está empenhada em contribuir com novos produtos e serviços para o desenvolvimento de uma economia circular. Conceito que, aliás, estará em demonstração num circuito fechado montado no stand da empresa.

Novos equipamentos e circuito fechado de material em exibição

A KraussMaffei vai lançar em Düsseldorf a mais recente versão da série de máquinas de injeção hidráulicas GX. Vocacionada para os mercados da embalagem e logística, a nova GX 1100 chega com uma força de fecho que vai de 4.000 a 11.000 kN. Construída com o já conhecido design de dupla placa, vem equipada com os elementos de fecho GearX e GuideX permite a instalação de equipamentos opcionais, como é o caso do acionamento por servo BluePower, de baixo consumo energético.

foto
A KraussMaffei amplia a série hidráulica GX com a nova GX 1100, com força de fecho de 11.000 kN.

Durante a feira, esta máquina estará a injetar baldes de 20L em polipropileno, decorados com in-mold-labeling IML, que serão posteriormente triturados e alimentados de volta ao circuito do material. Uma extrusora de duplo fuso ZE 28 BluePower produzirá um recomposto tecnicamente aprimorado, com pigmentos e uma proporção de 20% de talco adicionado aos flocos de polipropileno. Após a peletização e secagem, o composto é alimentado a uma máquina de injeção totalmente elétrica PX 320, onde o material é transformado num painel de pilar A. A superfície do componente forma uma camada de tecido sobremoldado.

foto

Um balde transforma-se um pilar A através da economia circular. Na K 2019, a KraussMaffei apresenta um circuito fechado de material e produção envolvendo extrusão e máquinas de injeção. Imagem: KraussMaffei

Liderança na implementação da economia circular

O crescente envolvimento da KraussMaffei no campo da economia circular é motivado pela ecologia e pela evolução da sociedade. “A KraussMaffei está ciente de sua responsabilidade e, como um dos líderes do mercado mundial, quer ocupar um papel de liderança nas áreas de reciclagem, ‘upcycling’ e recomposição de plásticos”, declara Mat Sieverding, presidente da divisão de extrusão da empresa. Por isso, a empresa pretende intensificar o trabalho com os seus parceiros e clientes para desenvolver novas unidades de negócios em relacionadas com o reaproveitamento dos materiais plásticos.

A KraussMaffei é representada em Portugal pela Folhadela Rebelo.

MoldPlas 2019Jaba traducción técnica espcializada

interplast.pt

InterPLAST - informação para a indústria de plásticos portuguesa

Estatuto Editorial