Atlas Copco Rental: serviços e equipamientos seguros para a produçao de vapor no local

Como usar o abacate para proteger… o abacate?

01/04/2021

Na produção industrial de alimentos derivados do abacate, como o guacamole, são gerados resíduos que podem superar 45% do peso total do fruto.

O Instituto Aimplas tem em curso o projeto Guacapack, que visa dar uma segunda vida a estes resíduos e prolongar a vida do produto a embalar.

foto

O objetivo do projeto é desenvolver um novo sistema de embalagem biodegradável a partir de fontes renováveis, que prolongue o prazo de validade dos alimentos, neste caso do guacamole. Isto, graças a um rótulo com função de barreira ao oxigénio, que evita a oxidação, e à incorporação de antioxidantes naturais extraídos do próprio abacate, reduzindo assim a utilização de conservantes sintéticos.

O processo passa por extrair e purificar o amido da semente de abacate, de forma a obter uma película que será utilizada para fabricar etiquetas IML multicamada, que atuam como barreira ao oxigénio e previnem a oxidação do alimento.

A partir dos resíduos da pele e da polpa são obtidos componentes ativos com elevada capacidade antioxidante para incorporação num bioplástico (PLA) com o qual a embalagem será fabricada pelo processo de injeção e que, quando em contacto com o alimento, prolongará a sua vida útil em 15%.

Jaba: tradução 4.0Emerson: peças mais complexas requerem soldagem de precisão

Subscrever a nossa Newsletter

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

interplast.pt

InterPLAST - informação para a indústria de plásticos portuguesa

Estatuto Editorial