Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa

Armazenar substâncias perigosas em bacias de retenção

Denios21/09/2021

Diariamente, estamos em contacto com substâncias perigosas e, por vezes, não sabemos como armazená-las da maneira mais adequada de modo a proteger as pessoas e o ambiente.

foto

Considerando a que ‘Quem contamina e polui, paga!’ e que, na Europa, a contaminação e poluição das águas pode significar multas ou sansões elevadas, a bacia de retenção móvel é o melhor método de armazenamento para contentores de mil litros, bidões ou pequenos recipientes cumprindo a Legislação em vigor, as diferentes normas ambientais e os critérios de certificação ISO 14001.

A bacia deve ser construída em material não combustível, estanque e compatível com os líquidos armazenados. Para determinar qual é a adequada, é necessário considerar algumas variáveis como o material, o volume de retenção, a capacidade de carga, a mobilidade e a necessidade ou não de gradil de suporte.

O volume de retenção mínimo de uma bacia de retenção é um parâmetro relevante e tem de ser o maior volume entre: 1) Recipiente de maior volume armazenado; 2) 10% do somatório de todos os volumes armazenados.

No entanto, algumas zonas de proteção especial, requerem volumes de retenção maiores, como por exemplo, para óleos Usados e obtenção da Certificação ‘Global Gap.

Qual o tipo de bacia de retenção adequado a cada produto?

foto
O recinto tem que cumprir os requisitos necessários em matéria de ventilação e proteção contra o fogo.
foto
foto
Jaba: tradução 4.0

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

interplast.pt

InterPLAST - Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa

Estatuto Editorial