Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa

PVC: um material versátil e sustentável

22/10/2021

O PVC é um dos polímeros mais utilizados em todo o mundo. As suas características únicas tornam-no especialmente vantajoso para o fabrico de materiais de construção, embalagens, cabos, entre muitos outros produtos.

Mas, de onde vem o seu êxito? É simples: o PVC é um material leve, resistente e económico, cujo processamento é muito fácil. Graças à sua versatilidade, substitui alguns materiais tradicionais como a madeira, o metal e até mesmo a cerâmica, em algumas aplicações.

Outra característica interessante é o facto de ser um material resistente ao fogo, motivo pelo qual ganhou tanta popularidade em várias indústrias.

foto

O PVC pode ser transformado em variadas formas. Através da adição de outras matérias-primas, como os plastificantes, podem obter-se distintas formulações, desde um plástico rígido ou não plastificado a um plástico flexível.

Cada tipo tem o seu próprio conjunto de vantagens e aplicações para as diferentes indústrias. No caso do PVC flexível, este pode atuar como isolamento em cabos elétricos e até mesmo como alternativa à borracha. Por outro lado, o PVC rígido encontra-se na indústria de construção (por exemplo, em tubagens) proporcionando um produto final leve, rentável e duradouro.

Regularidade de cor com a gama de produtos Delta Tecnic

A Delta Tecnic, empresa criada em 1982 e sediada em Barcelona, é fornecedora de matérias-primas para a indústria de plásticos, onde se incluem os fabricantes de cabos, tintas e cosmética. A empresa pauta-se pela inovação tecnológica dos seus produtos, através da qualidade e do serviço. Em 1989, criou a divisão Deltacolor Masterbach, onde produz masterbatches para as indústrias de cabos e de PVC.

Atualmente, está presente em mais de 60 países, como Espanha, Alemanha, Itália, Portugal, França, Reino Unido, onde os pilares para qualidade do produto assentam em valores de serviço, tecnologia, sustentabilidade e confiança. A empresa pretende ser um parceiro tecnológico e ajudar os seus clientes na otimização dos seus processos produtivos através de soluções ‘tailor-maid’, especialmente desenhadas tendo em conta as suas necessidades específicas.

Para a Delta Tecnic, a seleção criteriosa das matérias-primas que entram na elaboração de um masterbatch é uma parte importante de todo o processo. Os valores chave para o desenvolvimento de um masterbatch - e que garantem uma excelente qualidade do produto - consistem numa excelente dispersão dos pigmentos, na correta seleção do tipo de pigmento, na utilização de alta concentração pigmentária, bem como na regularidade do pellet. Todos estes fatores considerados permitem facilitar e otimizar a dosagem, o que se traduz na redução do custo final do produto bem como na garantia que as propriedades do produto final não são afetadas.

De acordo com a empresa, uma das principais vantagens dos seus produtos é o facto de estes serem desenvolvidos especificamente para coloração de PVC rígido ou flexível, tendo sempre em conta que a rápida diluição do masterbatch no polímero base é um fator essencial.

Aqui destaca-se a gama Standard Pellet (SP) que possui um tamanho de partícula entre os 3 e os 3,5 mm podendo aplicar-se a vários setores da fabricação do PVC.

Vale a pena ainda destacar a gama Micropellet (MP), cuja função é muito similar à SP, mas com a particularidade de possuir um tamanho de partícula menor (varia entre 1 a 2,5 mm) o que permite uma diluição ainda mais rápida do masterbatch no composto base.

A Delta Tecnic garante a segurança e a inexistência de partículas em suspensão de todas as fórmulas que desenvolve para os diferentes tipos de aplicações, sem perigo de contacto com a pele, com uma dosificação limpa e fácil, sem contaminação entre lotes e com o pigmento totalmente dispersado em perfeita regularidade da cor e de pellet.

foto

Produtos totalmente recicláveis

Outra vantagem dos produtos em PVC é que são 100% recicláveis, o que representa valor económico e benefícios ambientais.

Os métodos de reciclagem podem ser variados, desde a reciclagem mecânica à reciclagem química, energética e até mesmo por utilização de solventes.

Segundo a associação VinylPlus, todos os anos são recicladas 770 mil toneladas de PVC, o que demonstra a facilidade e versatilidade na reciclagem deste polímero. Na Europa, 32 % do PVC reciclado pertence à indústria de perfis para janelas.

Por tudo isto, podemos afirmar que o PVC é um dos materiais mais versáteis e usados em todo o mundo graças à sua adaptabilidade numa grande variedade de aplicações e por ser um produto económico e duradouro.

Jaba: tradução 4.0

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

interplast.pt

InterPLAST - Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa

Estatuto Editorial