Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa
39% admitem ter deixado de comprar determinadas marcas porque o seu packaging não era sustentável

DS Smith retira mais de 313 milhões de peças de plástico problemático em dois anos

27/07/2022
49% dos consumidores em Portugal querem um packaging 100% reciclável.
foto

A DS Smith, empresa de packaging sustentável, anunciou que só nos últimos dois anos1 retirou mais de 313 milhões de peças de plástico problemático como parte do seu ambicioso programa de substituição de plásticos.

Este número significativo – equivalente a mais de três milhões de unidades por semana – demonstra a procura por parte dos retalhistas e dos consumidores de soluções de packaging à base de fibras como uma alternativa aos plásticos difíceis de reciclar.

Para satisfazer esta procura, os designers da DS Smith trabalharam com clientes para criar milhares de novas alternativas destinadas a substituir o plástico. Foram criadas soluções para eliminar artigos de plástico quotidianos, tais como tabuleiros de refeições prontas, embalagens de plástico para frutas e legumes e anéis de plástico dos packs de seis latas que têm um enorme impacto ambiental. Isto ocorre numa altura em que os grupos de pressão estão a dar destaque à quantidade de plástico que acaba por ser deitado fora, tornando mais importante do que nunca eliminá-lo na fase de conceção.
Luis Serrano, Sales, Marketing & Innovation Director da DS Smith Ibéria, salientou: “com a nossa ajuda, os clientes estão a acelerar os seus objetivos de redução ou eliminação de plásticos problemáticos nos seus produtos. Graças às nossas Métricas de Design Circular, podemos facilmente mostrar não só onde os plásticos podem ser substituídos, mas também o grau de circularidade do seu packaging atual e de que forma podemos fazer melhorias trabalhando em conjunto”.

“Os nossos 700 designers foram formados nos nossos Princípios de Design Circular, o que significa que podemos eliminar os plásticos problemáticos na fase de desenvolvimento e encontrar soluções à base de fibras que se adaptem às necessidades específicas de cada projeto”.

Durante o próximo ano, a DS Smith continuará a impulsionar a implementação de alternativas à base de fibras junto dos seus clientes, em resposta à procura de alternativas ao plástico por parte dos consumidores. De acordo com um inquérito realizado pela DS Smith e IPSOS Mori, 49% dos consumidores em Portugal querem um packaging 100% reciclável e 39% admitiram ter deixado de comprar determinadas marcas porque o seu packaging não era sustentável2.

foto

Como parte dos objetivos de sustentabilidade Now & Next da DS Smith, a empresa pretende retirar mil milhões de peças de plástico problemático das prateleiras dos supermercados substituindo-as por alternativas em cartão ondulado. O trabalho de substituição de plásticos da DS Smith e o progresso mais amplo em matéria de sustentabilidade podem ser consultados no seu último relatório de sustentabilidade, que pode ser consultado aqui.

1. Durante um período de 2 anos, de maio de 2020 a abril de 2022

2. Estudo de mercado realizado pela IPSOS Mori a 8500 adultos com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos residentes no Reino Unido, França, Polónia, Alemanha, Itália, Espanha, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Holanda e Suécia e 500 adultos com idades compreendidas entre os 18 e os 55 anos residentes em Portugal. Realizado entre 24 de setembro e 19 de outubro de 2020.

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

interplast.pt

InterPLAST - Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa

Estatuto Editorial